terça-feira, 2 de junho de 2009

Instaladores LOKI

Os instaladores LOKI são ficheiros executáveis.
Pode acontecer que tenhamos de dar-lhes atributos de executável para que assim o sejam, carregando com o botão direito do rato sobre o ícone do ficheiro e de seguida vamos a "propriedades", de seguida vamos á pestana "permissões" e fazemos click na casa que diz "é executável".


Estes instaladores automatizam a instalação de aplicações. No caso de surgir algum erro durante a execução do mesmo por alguma falta de dependência, podemos instalar o pacote (através do nosso gestor de pacotes, Synaptic por exemplo) que provoca o erro por dependência e voltar a executar o ficheiro LOKI.

Estes ficheiros LOKI têm a extensão ".run"

Podem ser executados fazendo um duplo click sobre eles, e no caso de não arrancar a execução do ficheiro LOKI podemos abrir um terminal, ou linha de comandos e fazer da seguinte maneira:

./nome_do_ficheiro.run

ou

sh nome_do_ficheiro.run

Por exemplo, temos um ficheiro chamado etf_1.6-english-5.run

Podemos executá-lo (em terminal) com o seguinte:

$ ./etf_1.6-english-5.run

ou

$ sh etf_1.6-english-5.run

Normalmente há alguns jogos que descarregamos que estão neste formato de ficheiro.

O ideal na minha opinião é executá-los como usuário normal, e se durante a instalação houver alguma mensagem que diga que o ficheiro deve ser executado como root ou super-usuário, para a instalação ser feita a nível do sistema, cancelamos a mesma e voltamos a executar o programa, desta vez como supe-usuário, da seguinte maneira:

$ su
palavra-passe:********** (metemos a palavra-passe ou contra-senha de super-usuário)

executamos o ficheiro (note-se que ao passar a modo super-usuário é mudado o prefixo da linha de comandos de "$" para "#")

# ./etf_1.6-english-5.run

Depois de terminar a instalação, o programa indicar-nos-á qual o comando a executar para arrancar o programa ou jogo depois de instalado.
Para sair do modo super-usuário escrevemos:

# exit

Por exemplo, se o ficheiro executável for et.x86, podemos escrever na linha de comandos:

$ ./et.x86

Se for um jogo o que acabámos de instalar, podemos ir ao sub-menu "jogos" e ver se o jogo foi adicionado á lista.
No caso de não ser assim, podemos procurar onde está dito executável com o comando "whereis".

Normalmente os executáveis de jogos vão para /usr/local/games mas pode ser que estejam dentro de /usr/bin
Executamos o comando "whereis"

$ whereis et.x86
et: /usr/local/bin/et /usr/include/et /usr/share/et

Neste caso o ficheiro et.x86 está ou tem ficheiros parecidos com o mesmo nome em:
/usr/local/bin/et
/usr/include/et
/usr/share/et

Este foi apenas um exemplo. O jogo a que refiro é o enemy territory wolfenstein e este jogo vai ser instalado também na nossa pasta pessoal de usuário, ou seja na nossa pasta "home"
Para executá-lo bastará com escrever:

$./et

Ou editar o menu "jogos" e criar uma nova entrada caso seja necessário, que deverá ficar mais ou menos assim:

Onde diz "work path" será o caminho de trabalho onde se encontra o executável

/home/usuario/enemy-territory
Onde a pasta "usuario" será o nome que tenhamos de usuário na nossa pasta /home. Também podemos criar um atalho, onde diz "current shortcut key", podemos pôr um ícone ou não se assim o desejarmos para que a entrada no menu tenha um ícone antecedendo o nome do programa. Enfim, tudo pode ser personalizado.

Boas instalações !

0 comentários:

Enviar um comentário

É favor manter a boa educação nos comentários. Qualquer comentário ofensivo, racista, desprestigioso, apenas com objectivo de inundar o blogue ou comentários de publicidade não solicitada serão eliminados. Serão aceites comentários em Português, Espanhol e Inglês. Comentarios en Portugues, Español y Ingles seran aceptados. Comments in Portuguese, Spanish and English will be accepted.

Notícias GNU/Linux