sábado, 20 de março de 2010

XMMS - Um pequeno (GRANDE) reproductor



É verdade. É mesmo um pequeno grande reprodutor. É este pequeno programa que escolho para abrir os meus mp3 que oiço de vez em quando. Claro que para ouvir álbuns completos ou pesquisar a minha biblioteca de músicas sempre uso Amarok....



Mas XMMS porquê ?
Simples... é rápido na sua execução, pode ser personalizado com uma multitude de skins e plugins, entre as quais no que diz respeito ás skins, pode-se usar skins do famoso Winamp.  E é claro que não é só um reprodutor de audio, também reproduz video.


Entre os formatos aceites estão:
AAC, AudioCD, FLAC, ModPlug, mp3, mp3PRO, MPEG1, MPEG2, MPEG3 (ou mp3), OGG Vorbis, WAV....

No Debian, o XMMS já não está nos repositórios oficiais, agora temos XMM2, mas eu escolhi o XMMS (são gostos, o que se há-de fazer...)

Para instalar o XMMS temos de o baixar desde a página oficial (recomendado):

http://www.xmms.org/

Procure o link para baixar o ficheiro xmms-1.2.11.tar.bz2

Descomprima com um clique direito em cima do ficheiro... já deve saber como é...
Ou se prefere usar o terminal:

 tar -xzvf xmms-1.2.11.tar.gz

Será criada uma pasta com o nome de xmms-1.2.11.

Entramos na pasta com o comando:

$ cd xmms-1.2.11

Começamos a compilar:

$ ./configure

É possível que apareça o seguinte erro:

checking for GLIB - version >= 1.2.2... no
*** The glib-config script installed by GLIB could not be found
*** If GLIB was installed in PREFIX, make sure PREFIX/bin is in
*** your path, or set the GLIB_CONFIG environment variable to the
*** full path to glib-config.
configure: error: *** GLIB >= 1.2.2 not installed - please install first ***


Nesse caso, pode resolver este problema instalando o pacote libglib1.2-dev da seguinte maneira (execute como ROOT):

# apt-get install libglib1.2-dev

Voltamos a executar o comando ./configure

$ ./configure


É possível que ao executar o comando apareça outra mensagem de erro semelhante ou igual á seguinte:

checking for GTK - version >= 1.2.2... no
*** The gtk-config script installed by GTK could not be found
*** If GTK was installed in PREFIX, make sure PREFIX/bin is in
*** your path, or set the GTK_CONFIG environment variable to the
*** full path to gtk-config.
configure: error: *** GTK+ >= 1.2.2 not installed - please install first ***

Não desmoralize. Agora instalaremos o pacote libgtk1.2-dev.

# apt-get install libgtk1.2-dev

Volte a executar ./configure 

Se tudo foi sobre rodas, ou seja, sem mensagens de erro, execute os seguintes comandos para construir e instalar:

$ make

E de seguida, execute como ROOT:

# make install

Se obter o seguinte erro:

 xmms: error while loading shared libraries: libxmms.so.1: cannot open shared object file: No such file or directory


A solução é criar um link simbólico para que XMMS encontre o ficheiro libxmms.so.1
Faça-o com o seguinte comando (como ROOT):

# ln -s /usr/local/lib/libxmms.so.1.3.1 /usr/lib/libxmms.so.1
Para executar o XMMS, simplesmente escreva no terminal:

$ xmms


Como complemento, pode instalar o plugin (ou complemento) de visualização blursk desde:

http://www.cs.pdx.edu/~kirkenda/blursk/

Procure o link para baixar o ficheiro:

 libblursk.so
Para instalar o blursk, temos de o copiar á pasta de visualizaçoes do XMMS.
Introduza no terminal o seguinte comando se quiser saber onde está a pasta de visualizações:

$ xmms-config --plugin-dir

Certamente a pasta para onde o vai copiar será:


/usr/local/lib/xmms/Visualization

Com o qual copiamos libblursk.so com o seguinte comando (execute como ROOT):


cp libblursk.so /usr/local/lib/xmms/Visualization
Desde a mesma página também encontrará um link referente ao ficheiro blursk-presets.

Copie este ficheiro para a pasta .xmms, que está dentro da sua pasta /home ( .xmms é uma pasta oculta, terá de activar a opção do seu navegador para as mostrar)..

Se quer um completo "jogo" de skins... há mesmo muitas, prometo que alguma deverá de lhe servir... pode baixar desde:

http://easylinuxguide.com/downloads/xmms-skins/xmms-skins-elg.tar.gz

É claro que depois de tudo isto podemos personalizar o menu do KDE para que inclua a entrada referente ao XMMS em "Multimédia" ou mesmo pode associar para que ao dar um duplo-clique nos ficheiros mp3 sejam abertos com o XMMS.

O executável está em /usr/bin... assim que só tem que mudar isso, fazendo clique-direito sobre o ficheiro > Propriedades > Tipo de ficheiro (editar) > e adicionar á lista o executável ( se é que ainda não lá está) do XMMS, que como disse antes está em /usr/bin.

Aplique as mudanças ao sistema com os respectivos botões de "Aplicar" e "Aceitar" ou "OK"... etc. Isto no KDE.

No Gnome deve ser bastante parecido.

Gostou ? deixe o seu comentário. Depois do trabalho que me dá é sempre bom ler uma opinião amiga.

Obrigado.

0 comentários:

Enviar um comentário

É favor manter a boa educação nos comentários. Qualquer comentário ofensivo, racista, desprestigioso, apenas com objectivo de inundar o blogue ou comentários de publicidade não solicitada serão eliminados. Serão aceites comentários em Português, Espanhol e Inglês. Comentarios en Portugues, Español y Ingles seran aceptados. Comments in Portuguese, Spanish and English will be accepted.

Notícias GNU/Linux