terça-feira, 1 de setembro de 2009

Instalar Google Chrome no Debian (com Flash)

Já há bastante tempo que tinha aqui o bichinho a remoer por dentro para experimentar este novo navegador que promete do Google, e embora seja ainda uma versão instável, não resisti...
Aqui ficam as indicações para quem quiser instalar, mas volto a repetir, que ao dia de hoje é uma versão instável, e não se recomenda para um uso diário normal.


Feito o aviso, aqui vai:

Existe para o Debian um pacote .deb que facilita o trabalho de instalar.

Apenas temos de fazer algum "trabalho manual" para pôr a funcionar o plugin de Flash.

Versão de 32 bits: google-chrome-unstable_current_i386.deb

Versão de 64 bits: google-chrome-unstable_current_amd64.deb

Instalamos o pacote como queiramos,... via gdebi por exemplo, já que ao abrir o pacote com o gdebi (veja esta mensagem anterior se tem dúvidas de como fazê-lo), este resolve as dependências que possam existir.

Com este simples passo já temos instalado o Google Chrome em Debian.

Em KDE ficará no menu K > Internet.

A pasta onde vai ser feita a instalação é:

  /opt/google/chrome

Para o passo seguinte é necessário criar uma pasta dentro de /opt/google/chrome chamada plugins 

Abrimos um terminal e navegamos até lá com o comando:

 cd /opt/google/chrome/

Executamos como root o seguinte comando para criar a pasta plugins 

# mkdir plugins

Acto seguido fiz um link simbólico ao plugin de flash da minha instalação do Mozilla Firefox. Executar como root:

#  ln -s /home/nome-de-utilizador/.mozilla/plugins/libflashplayer.so /opt/google/chrome/plugins

 Mudar onde diz nome-de-utilizador pelo vosso nome de utilizador !

Feito isto só é preciso adicionar mais uma coisa. Se você usa KDE navegue pelo menú K > Internet > Google Chrome

Use o botão direito do rato sobre o elemento Google Chrome e escolha "Editar Elemento "

No lado direito da janela há um campo chamado Comando (ou Command caso esteja em inglês), e que define o caminho através das pastas e a ordem a executar.

Por defeito estará:  /opt/google/chrome/google-chrome %U

Adicione o seguinte: --enable-extensions --enable-plugins



De maneira que fique (copie e cole):  /opt/google/chrome/google-chrome %U --enable-extensions --enable-plugins

Atenção aos espaços ! Por esse motivo recomendo copiar/colar !

Se quiser verificar se o plugin instalou-se correctamente, escreva na barra de direcções: 

about:plugins 

E verifique se ele consta na lista.



E é tudo ! Já tem o Google Chrome instalado e funcionando com Flash para que possa ver os videos do YouTube, por exemplo, e as respectivas extensões.


 Mas não se esqueça, esta é uma versão instável e pode dar problemas ! Use por sua conta e risco ! E desfrute navegando !

Nota: Se quiser desinstalar o Google Chrome execute desde o terminal (como root):

# rm /usr/bin/google-chrome/
# rm -r /opt/google/

0 comentários:

Enviar um comentário

É favor manter a boa educação nos comentários. Qualquer comentário ofensivo, racista, desprestigioso, apenas com objectivo de inundar o blogue ou comentários de publicidade não solicitada serão eliminados. Serão aceites comentários em Português, Espanhol e Inglês. Comentarios en Portugues, Español y Ingles seran aceptados. Comments in Portuguese, Spanish and English will be accepted.

Notícias GNU/Linux