domingo, 28 de junho de 2009

Problemas de som em Return to Castle Wolfenstein (Linux)

Depois de um pedido de ajuda de um amigo que tinha o jogo Return to Castle Wolfenstein em Linux e que não conseguia arrancar o jogo, quer dizer o jogo arrancava, mas ao carregar em "single player" o jogo saía de execução com um erro que se podia ver qual era se se arrancava o jogo desde uma linha de comandos ou terminal. O erro era algo como:

Received signal 11, exiting

Ora a solução que lhe funcionou foi editar o ficheiro:


rc.local
que é um script que está em /etc
...e adicionar uma linha para que este jogo possa usar OSS (open sound system) em vez daquele que usamos por defeito, neste caso era ALSA (advanced linux sound architecture).

Abrimos o ficheiro como root ou super-usuário e adicionamos a seguinte linha:

echo "wolfsp.x86 0 0 direct" > /proc/asound/card0/pcm0p/oss

ao fim do ficheiro, justo depois de:

exit 0

Ficaria assim:

#!/bin/sh -e
#
# rc.local
#
# This script is executed at the end of each multiuser runlevel.
# Make sure that the script will "exit 0" on success or any other
# value on error.
#
# In order to enable or disable this script just change the execution
# bits.
#
# By default this script does nothing.

exit 0
echo "wolfsp.x86 0 0 direct" > /proc/asound/card0/pcm0p/oss





Gravamos o ficheiro e reiniciamos o computador para reiniciar os serviços. Possivelmente seja possível fazer isto com algum comando para reiniciar os serviços sem ter de reiniciar, mas desconheço qual é...;-)

Depois de reiniciar funcionou, e desde então também tem funcionado. Espero poder servir de utilidade para alguém.

0 comentários:

Enviar um comentário

É favor manter a boa educação nos comentários. Qualquer comentário ofensivo, racista, desprestigioso, apenas com objectivo de inundar o blogue ou comentários de publicidade não solicitada serão eliminados. Serão aceites comentários em Português, Espanhol e Inglês. Comentarios en Portugues, Español y Ingles seran aceptados. Comments in Portuguese, Spanish and English will be accepted.

Notícias GNU/Linux